Publicado por: dicasdenutricao | 12/01/2010

Ácidos graxos essenciais – EPA e DHA

Os ácidos graxos essenciais são as “gorduras boas” que são essenciais para todas as células em nosso corpo e exercem um papel crítico incluindo produção de energia, aumento de metabolismo, aumento de crescimento muscular, transporte de oxigênio, crescimento normal celular, funções nervosas e regulação hormonal.

Eles são conhecidos como essenciais porque nosso corpo não consegue produzi-los. Então, eles precisam estar presentes em nossa alimentação por meio de alimentos comuns ou de suplementação.

É muito comum praticantes de atividades físicas e esportistas recorrerem a suplementos de ácidos graxos essenciais para favorecer a saúde e a performance, devido à dificuldade de obtê-los nos alimentos.

O ômega-3 é uma poderosa forma de ácido graxo essencial: uma gordura boa e saudável. Como a maioria das pessoas segue uma dieta deficiente em “gorduras boas”, a suplementação com ômega-3 vem sendo muito procurada. As substâncias contidas no ômega-3 atuam sobre muitos sistemas importantes no corpo, como o imunológico, cardiovascular, nervoso e reprodutor.

Embora os peixes sejam excelentes fontes de ômega-3 quando criados na natureza, esse teor já fica bem inferior no peixe criado em cativeiro. O fato de várias espécies de peixes marinhos serem ricas em ômega-3 é atribuído ao fato dos peixes se alimentarem de plâncton, sendo esse rico em ômega-3.

O ômega-3 contém alta concentração de ácido linoléico, que é convertida em EPA (ácido eicosapentaenóico) e DHA (ácido docosahexanóico). Esses ácidos graxos essenciais são necessários para a produção de hormônios chamados “eicosanóides”. Eles são essenciais para o funcionamento normal do cérebro e estão também envolvidos na regulação da pressão sanguínea e na resposta imunológica do organismo.

Os ácidos graxos ômega-3 são tipos de gordura bastante distintos dos demais e estão intimamente ligados à estrutura dos cérebros dos vertebrados. Eles são encontrados no tecido nervoso dos peixes de água fria, como o salmão, o arenque, a cavala, a sardinha, o atum e a truta. Acredita-se que eles oferecem proteção contra doenças do coração quando consumidos ao menos duas vezes por semana.

Fonte: Bodygenics

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: